Desafios tributários enfrentados pelo setor supermercadista.

Compartilhe essa notícia:

Publicado em:

SuperHiper

08/03/2023

O setor supermercadista enfrenta diversos desafios para realizar as suas atividades, ao circular num supermercado verifica-se que o preço de cada produto que está em gôndola é, basicamente, composto pela soma entre custos, margem de lucro e impostos, constantemente afetados pela inflação, crise energética, aumento de impostos e repasse de valores pela indústria, ou seja, manter o foco apenas nas vendas não é garantia de que os supermercados, hipermercados e atacarejos irão ter bons resultados financeiros no final de cada competência.

A partir da premissa de que as empresas brasileiras são impactadas com alta tributação e complexidade das normas tributárias, a área fiscal do empresário varejista é fundamental para não só manter a saúde fiscal da empresa, mas como ponto estratégico do negócio para que seja pago apenas os impostos devidos e que seja realizado de forma periódica a revisão e planejamento fiscal.

 Isso porque, a variedade de itens com que se opera normalmente um supermercado – milhares de produtos, com tributação específica, diferentes condições de armazenagem e tempos de prateleira também específicos, traz o primeiro grande desafio para o supermercadista: a tributação. Assim, a variedade, aliada à própria miríade de leis e regulamentos diferentes, e às constantes alterações na legislação, geram equívocos e traz a necessidade da periódica revisão e manutenção do cadastro de produtos que impacta diretamente na tributação e saúde financeira dos supermercados.

Sendo certo que a tributação das operações do varejo supermercadista, como um todo, impõe a necessidade de revisões e análises constantes, de forma a submeter a empresa à melhor tributação possível. Os regimes tributários vigentes e disponíveis ao segmento – notadamente, SIMPLES, Lucro Presumido e Lucro Real – guardam particularidades importantes e que devem ser estudadas a fundo para que não haja perdas importantes em caixa e em competitividade. Nem sempre a opção aparentemente óbvia é aquela que efetivamente irá garantir uma tributação mais favorável.

Assim, é imprescindível para o setor que sofre tantos impactos econômicos externos, além dos desafios logísticos e burocráticos da própria atividade, manter a alta performance tributária através da contratação de consultoria tributária especializada para evitar o recolhimento a maior dos tributos, devido cumprimento de obrigações acessórias, a revisão das entradas e saídas dos produtos com o devido cruzamento de informações que irão de encontro com a tributação impelida, além do aproveitamento de créditos tributários que geram fluxo de caixa imediato.

Últimas Notícias

Receba conteúdo estratégico sobre tributação e tecnologias na gestão de pessoas.